Homens e jovens de até 40 anos são as maiores vítimas do covid-19

As informações estão nos gráficos sobre a evolução da covid-19, em Humaitá, divulgados hoje (17) pela Secretaria Municipal de Saúde.
De acordo com os registros municipais, até o dia 17 de junho, 956 homens já contraíram a doença. Entre as mulheres esse número chegou a 846.
Já as faixas etárias mais atingidas pela doença são de 31 a 40 anos e de 21 a 30. O que indica que os jovens, até os 40 anos, representam a maior quantidade de vítimas do covid-19, no município.
O bairro São Cristóvão concentra o maior número de casos da doença, com 286, seguido do São Domingos Sávio, com 200.
Com relação aos óbitos por bairros, as maiores incidências registradas até o dia 17 de julho ocorreram nos bairros São Francisco (7), São Critóvão (6) e Nova Esperança.
Os profissionais mais atingidos pela covid-19, por questões óbvias, são os da área de saúde, sendo que o maior número de casos positivos encontra-se entre os enfermeiros (30) e técnicos de enfermagem (27). Na terceira colocação aparece aquelas pessoas que executam atividades de serviços gerais.