Holanda autoriza prostitutas a retomarem atividades mas impõe restrições para evitar covid-19

Foto: irresistivel.com.br

A Holanda autorizou nesta quarta-feira (1º), a volta ao trabalho de prostitutas no país. Sem programas de apoio, as profissionais do sexo estavam a mais de 3 meses sem trabalhar.
De acordo com a CNN, elas poderão voltar a receber clientes, mas serão recomendas a evitar respirar perto ou beijá-los para reduzir os riscos de transmissão da covid-19. A data do retorno aos trabalhos, prevista para setembro, foi antecipada e começou ainda nesta quarta.
As prostitutas já são obrigadas a cumprir rígidas normas de segurança sanitária na Holanda, mas, com a pandemia, o setor compilou uma lista de recomendações, incluindo posições sexuais a serem evitadas.

Fonte: portaldoholanda.com.br