Arthur Virgílio, prefeito de Manaus, é internado com Covid-19

O prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto (PSDB), foi internado na segunda-feira (29), depois de testar positivo para a Covid-19.
Virgílio descobriu a contaminação durante exames de rotina no Hospital Adventista de Manaus. Segundo as redes sociais da prefeitura da capital do Amazonas, após o diagnóstico, a autoridade foi isolada em uma unidade do próprio hospital com quadro estável, de onde segue trabalhando normalmente. Ainda em Boletim Médico divulgado nesta terça-feira (30), a assessoria do prefeito divulgou que não foram necessárias “drogas vasoativas” para o tratamento de Virgílio, que mantém “boa saturação de oxigênio em ar ambiente”, sem necessidade de respiração artificial.”Lúcido e orientado”, ele recebe medicamentos contra o novo coronavírus “por via oral” e “conforme protocolo institucional”, afirma o documento, sem especificar quais drogas estão sendo usadas.
O prefeito deve continuar em observação nas próximas 24 horas, seguindo o protocolo médico. Ainda segundo a nota, todos os funcionários do secretariado e demais autoridades que tiveram contato direto com o prefeito de Manaus, presente na inauguração do complexo viário Ministro Roberto Campos na tarde de segunda-feira (29), estão sendo monitorados.
O comunicado pediu ainda que populares que compareceram ao evento busquem atendimento preferencial caso apresentem algum sintoma, para fazer a testagem “na recém-inaugurada Clínica da Família Carmen Nicolau, localizada no bairro Lago Azul”, na zona Norte de Manaus.
Na última atualização do Ministério da Saúde, às 19 horas de segunda-feira, o Amazonas já contabilizava 69.893 casos confirmados do novo coronavírus e 2.792 mortes.

Fonte:cnnbrasil