Briga em prédio de Lula deixa delegado baleado e namorada morta

Foto: Reprodução Redes Sociais

Instrutor de tiros e delegado da Polícia Civil, Paulo Bilynskyj, de 33 anos, foi achado baleado em seu apartamento em São Bernardo do Campo, na Grande São Paulo, nesta quarta-feira (20). No local, Priscila Delgado de Barros, de 27 anos, foi encontrada morta com marcas de tiro, conforme o UOL.
A polícia civil acredita que uma briga de casal tenha acontecido entre os dois. Outras duas suspeitas levantadas por investigadores é a possibilidade de um feminicídio ou uma reação do policial a um ataque da mulher.
Ainda segundo policiais, Priscila tinha um relacionamento com o delegado e foi achada no banheiro do imóvel. O apartamento fica no mesmo prédio em que reside o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, considerado a principal residência do petista.
Paulo foi socorrido e levado ao hospital, ele está na Unidade de Terapia Intesiva (UTI) com o quadro de saúde estabilizado.
Nas redes sociais, o delegado é conhecido por defender o uso de armas como forma de proteger a vida. Paulo também dá aulas em escola preparatória para concursos.
Em nota, a Secretaria de Segurança Pública afirmou que a Corregedoria da Polícia Civil vai investigar o caso. “Todas as circunstâncias relativas aos fatos serão apuradas em inquérito policial pelo órgão corregedor da instituição”, disse a pasta ao portal.

Fonte: www.msn.com