Na maior compra da história do futebol brasileiro, Fla fecha com Arrascaeta

0
797

Depois de uma negociação histórica, O uruguaio De Arrascaeta deixará o Cruzeiro para vestir a camisa do Flamengo na temporada de 2019. Após longas reuniões em Montevidéu, as partes se acertaram e concretizaram a ida do meia para o Ninho do Urubu.
O valor negociado foi de 15 milhões de euros (R$ 63,7 milhões), o maior da história do futebol brasileiro. Arrascaeta assinará com o Flamengo um contrato até 2022.
Até então, a compra mais cara efetivada por uma equipe brasileira havia acontecido com o atacante Tévez. Para contratar o jogador em dezembro de 20
O Cruzeiro receberá 8,5 milhões (R$35,7 milhões) de euros pelos 25% que tem sobre o jogador. A outra parcela, que pertence ao Supermercados BH, foi negociada por 4 milhões de euros (R$16,8 milhões). Os outros 2,5 milhões (R$10,5 milhões) ficarão com o Defensor, ex-clube do atleta, e com agentes do jogador, que possuem 25%. Segundo o UOL, André Cury, empresário que representou o Cruzeiro na negociação, ainda receberá uma comissão pela venda.
Na última quinta-feira (3), o Cruzeiro tomou conhecimento do interesse rubro-negro em Arrascaeta. Daniel Fonseca, agente do meia, compareceu à Toca da Raposa para apresentar a proposta, negada pelo Cruzeiro por meio do seu vice-presidente de futebol, Itair Machado. Sem acordo, Arrascaeta não se reapresentou no CT, o que irritou bastante a cúpula celeste, que atacou o agente do camisa 10 e gerou uma troca de farpas entre as partes. No último sábado, o uruguaio retornou ao seu país natal. Desde então, o jogador, seu empresário, André Cury, representando o Cruzeiro, e Bruno Spindel, CEO do Flamengo, passaram a se reunir para tentar um desfecho à situação.
Arrascaeta começou a chamar atenção jogando pelo Defensor-URU na Libertadores de 2014, inclusive fazendo boas partidas contra o próprio Cruzeiro. No ano seguinte, o meia foi contratado por cerca de R$12 milhões. Ao todo, o uruguaio disputou 188 jogos pelo Cruzeiro, marcando 50 gols.