5 mil soldados fazem operação na fronteira de Rondônia e Acre

operaçãocurare

Desde segunda-feira (19), mais de cinco mil soldados fazem a segurança da fronteira de Rondônia e Acre, por meio da XI Operação Ágata-Curare.
Além dos dois estados, a operação abrange as fronteiras dos estados de Mato Grosso do Sul, Amazonas e Pará. As informações são do G1 Rondônia.
Em Rondônia e Acre, a operação será feita pela 17ª Brigada Infantaria de Selva, conhecida como ‘Brigada Príncipe da Beira’. Conforme o Exército, a operação faz parte do Plano Estratégico de Fronteiras do Governo Federal, que foi criado como meio de acautelar e impedir ação de criminosos na fronteira do Brasil com outros dez países sul-americanos. A operação é feita uma vez ao ano.
A missão da operação, conforme o Exército, está nas táticas para coibir delitos como narcotráfico, contrabando e descaminho, tráfico de armas e munições, crimes ambientais, imigração e garimpos ilegais. A operação será na faixa das fronteiras de Mato Grosso do Sul, Rondônia e Acre e segue na divisa entre os estados do Amazonas e Pará.
Segundo assessoria da 17º Brigada, a ‘Brigada Príncipe da Beira’ segue na área que abrange de Rondônia ao Acre. Para realização do trabalho estão disponíveis mais de cinco mil homens das guarnições de Porto Velho, Guajará-Mirim, Humaitá, Rio Branco e Cruzeiro do Sul. Eles reforçam uma área de mais de 2,7 mil quilômetros.

Comentar

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

*