Ação contra zika beneficia grávidas em mais de 15 municípios do AM, diz FVS

gestanteUnidades de referência em atendimento à gravidez de alto risco no Amazonas devem receber dez mil repelentes para distribuição. O repasse do material será feito em sete etapas de entrega e a primeira está prevista para a segunda quinzena de março.
A ação tem como objetivo minimizar a exposição dessas grávidas ao mosquito Aedes aegypti, transmissor da Dengue, Chikugunya e principalmente Zika – que é associado à malformação craniana dos bebês e a doenças neurológicas. As unidades do produto serão disponibilizadas gratuitamente para gestantes atendidas.
De acordo com a Fundação de Vigilância em Saúde (FVS-AM), os municípios contemplados são: Barcelos, Boca do Acre, Borba, Careiro, Coari, Humaitá, Iranduba, Itacoatiara, Lábrea, Manaus, Manacapuru, Maués, Novo Airão, Novo Aripuanã, Parintins, Presidente Figueiredo, Rio Preto da Eva, Tabatinga e Tefé.
“O produto será disponibilizado de forma gratuita no atendimento do pré-natal para grávidas de baixo poder aquisitivo”, informou o diretor-presidente da FVS, Bernardino Albuquerque, por meio de assessoria.
Até o mês de fevereiro deste ano, foram notificados no Amazonas 2.198 casos de dengue, 84 casos de Chikungunya e 64 Zika vírus.
Segundo o governo do estado, a distribuição de repelentes será ampliada para todos os municípios, através do Ministério da Saúde que encaminhará cerca de 623 mil frascos de repelentes para o Estado do Amazonas.

Comentar

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

*